Líderes em Transição

poker-686981_640

As Organizações buscam modelos de gestão e de liderança cada vez mais inclusivos, conectivos, responsáveis. A proposta é minimizar a distância de poder entre dirigentes e liderados e flexibilizar estruturas e processos para lidar com maior descontração, frente a incertezas do ambiente e das relações. São demandas universais; o que muda não é o rumo da mudança, mas o ritmo que cada Organização consegue imprimir ao seu processo de transição.

Nesse contexto, os estilos das liderança das empresas, de centralizadores e autoritários em décadas anteriores, transitam para comportamentos cada vez mais participativos, formadores. Nas típicas empresas brasileiras, essa transformação – mesmo difícil – pode ser ainda mais surpreendente.

Continue reading