O perfil de motivo de Amélia, a deusa da luz

02-warbirds-Lyle-Jansma_Jornal-do-Ar

Amelia Earhart foi a primeira mulher a completar a travessia do oceano Atlântico pilotando um avião.

Este feito fez com que se tornasse uma celebridade nos Estados Unidos, onde passou a ser chamada de “deusa da luz” devido a sua ousadia e carisma.

Casada com George Putnam, um magnata do mercado editorial, e tendo o piloto Gene Vidal como seu grande amigo, Amelia decide, em 1937, embarcar na mais arrojada de suas missões: dar a volta ao mundo em um voo solo.

No filme uma cena que caracteriza muito bem seu perfil de motivo (superação):

Amélia (Hilary Swank) está com o marido George Putnam (Richard Gere) e ele sugere que ela pare de ousar (viagens ao redor do mundo, recordes etc).

Ela pensativa responde: “e se eu não faço para mostrar ao mundo? E se eu faço para mostrar a mim mesma?”